Inter amassa o São Paulo no Morumbi e assume a ponta no Brasileirão

Em noite de herói, Yuri Alberto marca três vezes na goleada histórica do Inter sobre o São Paulo

Em noite de herói, Yuri Alberto marca três vezes na goleada histórica do Inter sobre o São Paulo

21/01/2021 - 00h11

O Internacional assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro sem deixar dúvidas sobre sua capacidade de buscar um título que não conquista desde 1979. A sete rodadas do fim, o Colorado de Abel Braga goleou o São Paulo por 5 a 1 na noite desta quarta-feira, no Morumbi, ultrapassou o rival na tabela e agravou um momento ruim em que o Tricolor parece não encontrar mais forças (nem respostas) para reagir à aproximação dos rivais. Em noite mágica, Yuri Alberto fez os últimos três gols do Inter, que abriu a contagem com Victor Cuesta e Caio Vidal no primeiro tempo – Luciano marcou para o São Paulo. Com 59 pontos, o Colorado abre dois de vantagem para o rival paulista e se coloca como candidatíssimo à taça.

Como fica?

O Inter assume a liderança do campeonato, com 59 pontos, enquanto o São Paulo permanece com 57, na vice-liderança – mas com Atlético-MG, Flamengo e Palmeiras na cola.

Pede música!

Não foi num domingo, antes do Fantástico, mas os três gols de Yuri Alberto seriam dignos do pedido. O centroavante se firmou no Inter com a chegada de Abel Braga e é personagem importante da arrancada do time, que soma agora sete vitórias seguidas no Brasileirão. 

Primeiro tempo

O Inter entrou para decidir o campeonato, enquanto o São Paulo foi a campo para um jogo qualquer. A definição do comentarista Caio Ribeiro define bem o início da partida: em 10 minutos, o Inter tinha quatro finalizações, pressão constante na saída de bola do rival e um gol de cabeça marcado por Victor Cuesta. O 1 a 0 parcial era justo, e o Colorado continuou com a marcação alta, roubando a bola e aproveitando os espaços nas costas dos laterais – principalmente Juanfran. Em outra jogada de transição e com poucos toques na bola, Caio Vidal recebeu para fazer o segundo. Só depois dos 25 minutos o São Paulo colocou a bola no chão e tentou se ajeitar com calma, tentando resgatar seu estilo em vez de tentar cruzamentos na área logo cedo. Apesar disso, o gol saiu num escanteio: após desvio de Reinaldo, Luciano apareceu no segundo pau para diminuir a desvantagem são-paulina.

Segundo tempo

Fernando Diniz fez substituições às quais já está acostumado nos últimos jogos. Lançou, por exemplo, Vitor Bueno, que passou a ser responsável pelas saídas de bola e acabou virando símbolo da desatenção são-paulina no jogo. Num erro perto da área, a bola terminou nos pés de Yuri Alberto, que fez 3 a 1 e viu o Tricolor desmoronar. À vontade no Morumbi, o Inter buscou rapidamente mais dois gols, quase que convidado pela defesa do rival a ficar cara a cara com Tiago Volpi e finalizar. Com três de Yuri Alberto, o Inter fechou o placar e ainda pôde fazer mais. Diniz fez outras substituições "previsíveis", como a entrada de Gonzalo Carneiro. Sem qualquer reação do São Paulo, o árbitro Marcelo de Lima Henrique sequer deu acréscimos na segunda etapa.

>>>Clique e receba notícias do JRTV Jornal Regional diariamente em seu WhatsApp.


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • GE/RS



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook