Madeira nativa que estava depositada ilegalmente em pátio de madeireira é apreendida

Fotos: Polícia Militar Ambiental

Fotos: Polícia Militar Ambiental

08/06/2021 - 11h18

A Polícia Militar Ambiental (PMA), por meio de sua unidade em São Miguel do Oeste, realizou na tarde do último sábado, dia 05, no município de Campo Erê, a apreensão de madeira nativa que estava depositada ilegalmente no pátio de uma madeireira.

A guarnição da Polícia Militar de Campo Erê, em atendimento a denúncia de depósito irregular de madeira nativa em uma madeireira do município, constatou que havia um caminhão carregado de madeira sem possuir qualquer documentação. Assim foi acionada a Polícia Militar Ambiental para dar continuidade na ocorrência.

Após vistoria no local, a PMA flagrou o depósito irregular de 132 toras de madeira nativa, conhecida popularmente como Araucária ou Pinheiro Brasileiro. Parte das toras estavam carregadas em três caminhões, e outras já haviam sido descarregadas e encontravam-se no pátio da empresa. O produto florestal seria proveniente de Palma Sola (SC), e após ser beneficiado seria comercializado na região.

A Polícia Militar Ambiental ressaltar que a Araucária (Araucaria angustifolia) encontra-se classificada como vulnerável na lista de espécies ameaçadas de extinção.

Diante do fato constatado, foi apreendido o produto e lavrado o respectivo Auto de Infração Ambiental, sendo que o responsável responderá a processo administrativo ambiental e processo criminal.

>>>PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP. 



  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook