Polícia investiga pirâmide financeira e lavagem de dinheiro, no Oeste de SC

23/07/2020 - 14h38

A segunda fase da operação para desarticular um esquema de pirâmide financeira e lavagem de dinheiro foi deflagrada na quarta-feira (22) em Videira, no Oeste catarinense. Durante a ação da Polícia Civil, foram mais de R$ 5 milhões em bens sequestrados.

De acordo com a Polícia Civil, o alvo da operação é um dos maiores responsáveis pela difusão de pirâmides financeiras no Brasil.

Como o suspeito possui problemas de saúde, a prisão preventiva foi convertida em prisão domiciliar e ele irá utilizar tornozeleira eletrônica.

As diligências iniciaram em 2019 com o delegado Henrique Valadão que cumpriu mandados de busca e apreendeu celulares e documentos. Segundo os delegados Felipe Orsi e Eduardo Defaveri, responsáveis pela segunda fase da operação, o suposto autor utilizava de diversos meios para dissimular os ganhos ilícitos, com a aquisição de imóveis, veículos, ativos financeiros e criptomoedas.

Na tarde desta quarta-feira foram apreendidos dois carros e o sequestro de oito imóveis. Também foram apreendidos mais de R$ 100 em espécie e artigos de luxo.

As investigações seguem em andamento.

>>>Clique e receba notícias do JRTV Jornal Regional diariamente em seu WhatsApp.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

banner responsivo
banner responsivo

SIGA-NOS