Presidente do TJSC reuniu-se com magistrados no Oeste e Extremo Oeste

31/05/2019 - 08h46

Em visita ao Oeste e Extremo-Oeste do estado, nessa semana, o presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, desembargador Rodrigo Collaço, reuniu-se com juízes membros da Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC). Na pauta estiveram assuntos relativos ao trabalho e também a benefícios.


Na terça-feira, 28, o encontro foi com os magistrados do Extremo-Oeste, em São Miguel do Oeste. Na manhã de quarta-feira, 29, foi a vez de ouvir os juízes da 6ª Coordenadoria da AMC, em Chapecó. A intenção do presidente foi visitar os juízes de primeiro grau da região para verificar in loco o andamento das propostas estabelecidas pela atual gestão; identificar principais carências e sugestões para melhorar o atendimento do Poder Judiciário nas comarcas do Estado; e reafirmar o apoio e valorização do TJSC, por seus dirigentes, à Justiça de primeiro grau, formada por juízes e servidores, responsáveis pelo atendimento nos municípios, onde o Judiciário está mais próximo do cidadão.


Reivindicações

Para o encontro ocorrido em São Miguel do Oeste, o presidente respondeu a questionamentos levantados antecipadamente pelos juízes. Collaço atualizou os magistrados sobre o sistema eproc que permite acessar os processos pela internet. Outros assuntos pertinentes à categoria também foram tratados.


Na reunião feita em Chapecó, os magistrados solicitaram agilidade na instalação de equipamentos para reforço da segurança do fórum, reposição de servidores aposentados, força-tarefa para digitalização dos processos, entre outras necessidades. Também foi sugerida realocação dos atuais servidores e estagiários da 3ª Turma de Recursos, cuja permanência no interior do estado será votada na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, na própria comarca de Chapecó.


​O presidente se comprometeu em responder a todas as reivindicações o mais rápido possível. “É um momento importante para ouvir os juízes sobre a atual administração, que caminha para a reta final, sobre o que já foi feito e o que pode ser feito ainda. Mas, principalmente, agradecer os magistrados pelo excelente trabalho que realizam na região”, considerou Collaço.


  • por
  • Jornal Regional
  • busca rápida
  • TJSC



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

banner responsivo
banner responsivo

SIGA-NOS