Votação do impeachment pela Assembleia será quinta-feira, 17

15/09/2020 - 16h11

Depois da leitura do Projeto de Decreto Legislativo na sessão desta tarde da Assembleia Legislativa, aprovando o pedido de impeachment do governador Carlos Moisés da Silva e da vice-governadora Daniela Reinehr, a votação decisiva em plenário vai acontecer nesta quinta-feira, dia 17 de setembro.

A Comissão Especial concluiu seus trabalhos, com elogios unanimes dos parlamentares pela condução serene, legalista e transparente do presidente, o deputado João Amin(PP) e o conteúdo sólido do relatório elaborado pelos deputados Luiz Fernando Vampiro(MDB) e Jessé Lopes (PSL).

A contundência do relatório é sinal inequívoco de que o MDB votará em bloco e unido a favor do impeachment como vinha sendo divulgado.  Vampiro é o líder do partido.

Próximos passos

A admissibilidade do texto produziu o PDL (Projeto de Decreto Legislativo) que será publicado no Diário Oficial da casa. Em até 48 horas após essa publicação, o pedido de impeachment será votado em sessão, o que deve acontecer na quinta-feira (17). 

Dos 40 deputados, são necessários que ao menos 27 votem para a favor do afastamento para que o impeachment prossiga. Se aprovado, a Alesc forma uma comissão Mista com parlamentares e desembargadores do Tribunal de Justiça, que julgará o pedido de impeachment. 

Se a saída de Moisés e Daniela for confirmada, Júlio Garcia deverá assumir o comando do Estado. Denunciado na Operação Alcatraz por lavagem de dinheiro, o presidente da Alesc passará a conduzir o governo em plena crise causada pela pandemia do coronavírus.

Veja como votaram os deputados da Comissão:

Maurício Eskudlark – sim

Luiz Fernando Vampiro – sim

Jessé Lopes – sim

Fabiano da Luz – sim

Ismael do Santos – sim

Marcos Vieira – sim

Moacir Sopelsa – sim

Sérgio Mota – sim

João Amim – sim

>>>Clique e receba notícias do JRTV Jornal Regional diariamente em seu WhatsApp.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

banner responsivo
banner responsivo

SIGA-NOS