BOLA EM JOGO: Tiago Nunes mostrou que tem estrela na vitória tricolor

Tiago Nunes dá sequência às vitórias que o Grêmio vinha tendo com Renato em Grenais

Tiago Nunes dá sequência às vitórias que o Grêmio vinha tendo com Renato em Grenais

16/05/2021 - 18h45

Por Sergio Wathier
JRTV/São Miguel do Oeste

Mesmo sem ser brilhante, o Grêmio ganhou de virada o primeiro jogo do playoff da decisão do Campeonato Gaúcho deste ano. E teve um gostinho a mais porque o triunfo foi conquistado de virada, na casa do adversário. Aliás, o Beira Rio tem sido o salão de festa do arquirrival.

Ramirez surpreende, mas negativamente

Mesmo quando fez seu gol, o Inter não convencia ofensivamente. Tinha apenas duas conclusões contra seis do Grêmio. Miguel Ángel Ramirez mais uma vez surprendeu. De novo negativamente. Esta história de não repetir time, provoca insegurança e isso compromete o rendimento do time. Até que o primeiro tempo do Inter foi bom, tendo o domínio do meio de campo. Edenilson, enquanto teve fôlego, foi o diferencial. Porém, na medida em que o tempo ía passando, era vísivel que faltava perna aos colorados.

Mudanças equivocadas

E a tese do que está ruim pode ficar pior, entrou em cena quando o técnico mais uma vez tratou de esculhambar tudo. Fez um monte de mudanças, uma pior que outra. De tal modo que quis inventar na defesa colocando Lucas Ribeiro. O zagueiro, mesmo tendo 1,90m de altura, acabou superado pelo jovem Ricardinho, no gol de que deu a vitória ao tricolor. 

O torcedor colorado até pode achar que a derrota foi injusta. Vai lembrar que o Inter perdeu um gol imperdível, debaixo da trave. Aliás, a bola caprichosamente bateu no travessão, quando o goleiro gremista já estava vencido no lance. Mas também é bom lembrar que no final do primeiro tempo, Matheus Henrique perdeu um gol feito, cara a cara com Marcelo Lomba.

Dedo de Tiago Nunes

A vitória gremista tem o dedo do treinador Tiago Nunes. Aliás, o técnico mostrou que tem estrela. Com Churin no banco, mandou pro jogo Ricardinho. E o menino correspondeu sua expectativa, fazendo o gol da vitória. E Diego Souza, mais uma vez foi decisivo balançando a rede quando o time mais precisava. 

Decisão aberta

Nada está decidido. Domingo, na Arena, as emoções se repetem. O Grêmio joga pelo empate. Em se tratando de Grenal decisivo, é uma baita vantagem. Porém, o Inter pode perfeitamente reverter a vantagem gremista. Entretanto, vai ter que jogar mais bola e torcer para que seu treinador pare de bancar o professor Pardal. 

Semana decisiva

O Inter sofreu a segunda derrota consecutiva (uma contra o Táchira e o Grenal). Agora vai para dois jogos decisivos, em que não pode nem sonhar em perder. O primeiro deles, no meio da semana, é no Paraguai, contra o Olímpia. Uma derrota pode complicar de vez sua trajetória na Libertadores. E no domingo volta a enfrentar o Grêmio, em que só a vitória interessa. Em resumo, o Beira Rio virou uma verdadeira panela de pressão para Miguel Ángel Ramirez. 

>>>PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP. 


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • JRTV/Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook