Cometa terá força máxima no primeiro duelo das semifinais com o Guarani
Primeiro confronto será às 15 horas, no domingo (07), no estádio da Montanha, em Itapiranga

Valentim Lauschner afirma que "sempre é muito difícil de enfrentar o Guarani"

Valentim Lauschner afirma que "sempre é muito difícil de enfrentar o Guarani"

03/07/2019 - 20h10

Jogadores, dirigentes e torcedores do Cometa ainda saboreiam a dramática classificação às semifinais obtida em Descanso, diante do Ouro Verde. Mas isso agora é passado. Agora as atenções se voltam totalmente para o Guarani. A equipe bugrina de São Miguel do Oeste será o adversário do time de Itapiranga no cruzamento que irá apontar um dos finalistas da fase Oeste do Campeonato Estadual de Amadores – Taça Schroeder Esquadrias. O outro sairá do confronto entre CRM, de Maravilha, atual campeão, e o Metropol, de São Carlos.

Sem problemas no time titular por lesão ou suspensão, o técnico Valentim Lauschner poderá mandar a campo o que tem de melhor. Até mesmo o meia Bones, que por motivo de lesão desfalcou o tricolor itapiranguense em alguns jogos, participou dos dois confrontos contra o Ouro Verde e tem presença garantida. Mas o treinador faz questão de ressaltar a força do grupo. “Nosso forte é o elenco e não somente os 11 que saem jogando”, declara.

Lauschner acredita num grande duelo entre Cometa e Guarani. E explicou: “Sempre falo e repito, este é um dos maiores clássicos do futebol amador do estado”.  Ao ser questionado sobre o que ele pensa do adversário da semifinal, foi bastante objetivo: “Sempre é muito difícil de enfrentar o Guarani”.

A equipe do Cometa para iniciar a disputa da semifinal não deverá ser muito diferente desta: Dela; Thomas, Scalon, Nata e Fabiano ou Feijão; Reiler, Marcelo, Pablo e Bones; Negão ou Pablo Quionha e Campo Erê. 


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • JRTV/Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

Website Security Test