Corpo de Bombeiros divulga nota de esclarecimento sobre golpe via e-mail e cursos aos cidadãos

08/01/2021 - 17h37

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) informa que foram veiculados e-mails falsos, com boletos anexos, buscando o recolhimento indevido de valores, utilizando a corporação de maneira leviana. Por isso, o CBMSC, esclarece que:

1) Atualmente o Corpo de Bombeiros Militar possui a cobrança de três tipos de taxas referentes à Segurança Contra Incêndio, sendo elas: Vistoria de Habite-se; Análise de Projetos e Vistoria de Funcionamento;

2) Os cidadãos que necessitarem gerar boletos poderão fazê-lo diretamente no site da corporação: portal.cbm.sc.gov.br ou entrar em contato com o Serviço de Segurança Contra Incêndio do município.

3) Os e-mails, caso solicitados, sempre seguirão o padrão oficial da instituição, com o final @cbm.sc.gov.br

4) As taxas cobradas pelo Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, referentes à área de Segurança Contra Incêndio são baseadas na Lei Estadual nº 7.541, de 30 de dezembro de 1988.

Fique atento: não é uma prática do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina enviar e-mails com aviso de taxas em aberto.

Em caso de dúvidas, entre em contato com o Serviço de Segurança Contra Incêndio mais próximo do seu município.

Os contatos podem ser verificados pelo link: https://portal.cbm.sc.gov.br/.../ins.../endereco-de-unidades, clicando em “Atendimento de Atividade Técnica - Habite-se, Análise de Projeto e Vistorias”, escolhendo o município.

Cursos aos cidadãos

Também estão sendo divulgados cursos aos cidadãos que não possuem ligação com o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina. Todos os nossos projetos para a comunidade seguem suspensos, sem data específica para retorno, por conta da pandemia da Covid-19.

Todas as informações referentes ao retorno das atividades serão divulgadas via redes sociais oficiais e site da corporação.

>>>Clique e receba notícias do JRTV Jornal Regional diariamente em seu WhatsApp.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook