Defesa Civil avalia efeitos da estiagem em São Miguel do Oeste

24/04/2021 - 08h38

O Conselho Municipal da Defesa Civil de São Miguel do Oeste esteve reunido na quinta-feira (22), analisando dados referentes à estiagem. A indicação de um novo Decreto de Emergência não será feita neste momento, mas deve ser reavaliada conforme a necessidade.

O coordenador, Jeferson Dias, relata que muitas ações têm sido desenvolvidas pelo poder público para minimizar os impactos desta situação em São Miguel do Oeste, mas que a população precisa compreender e evitar o desperdício.

Recentemente, o município recebeu mais de R$ 105 mil do Governo do Estado, em caixas d´água, o que tem melhorado a capacidade de armazenamento. A Secretaria de Obras informou que, diariamente, mais de 90 mil litros de água são distribuídos no interior.

O secretário de Agricultura, Antônio Orso, apresentou também o plano de ação para investimento de outros R$ 50 mil repassados pelo Estado para a municipalidade. O recurso foi aprovado pelo Conselho e será aplicado na aquisição de uma nova bomba de distribuição de água e contratação de horas-máquina para serviços nas propriedades atingidas.

Além disso, a Administração Municipal pretende aumentar o limite de financiamento do projeto Juro Zero, que é um dos braços de incentivo econômico do programa Agora é Crescer. Para agricultores, este limite deve subir de R$ 10 mil para R$ 12 mil, com a finalidade de aplicação em ações de enfrentamento à estiagem.

>>>PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP. 


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

banner responsivo
banner responsivo

SIGA-NOS