GAUCHÃO: Grêmio vence o Novo Hamburgo, reassume liderança e garante vaga na semifinal

Jean Pyerre teve destacada atuação, marcando um gol e dando o passe para outro

Jean Pyerre teve destacada atuação, marcando um gol e dando o passe para outro

18/04/2021 - 23h18

O Grêmio está classificado às semifinais do Gauchão. Na noite deste domingo, o Tricolor, ainda sem o substituto de Renato Portaluppi, minimizou a turbulência pela qual atravessa e superou o Novo Hamburgo por 3 a 1 na Arena. Jean Pyerre abriu o placar aos 26 minutos do primeiro tempo, após passe de Ferreira. Seis minutos depois, o camisa 10 encontrou Diego Souza, que ampliou. Na etapa final, o Anilado até assustou no começo, mas o Grêmio logo retomou o domínio da partida. Vanderson sofreu pênalti aos 14 minutos, que foi convertido por Diego Souza. Os visitantes descontaram com Kayron, aos 32. O resultado não só encerra com a sequência de três partidas sem vitória como recoloca o time na liderança da competição.

Como fica?

Com o resultado, o Grêmio soma 21 pontos, está em primeiro no Gauchão e classificado às semifinais com uma rodada de antecedência. O Novo Hamburgo tem nove e ocupa o 10º lugar na tabela.

Agenda

Na última rodada, o Tricolor enfrenta o Ypiranga no Colosso da Lagoa, em Erechim, enquanto o Novo Hamburgo recebe o São José, no Estádio do Vale. As partidas ainda não têm a datas confirmadas.

Antes, no entanto, o Grêmio começa a disputa da Sul-Americana. Na quinta, o Grêmio recebe o La Equidad, da Colômbia. A partida, válida pela primeira rodada do Grupo H, será disputada às 19h15 na Arena.

1º tempo

A etapa inicial foi toda do Grêmio. O Tricolor atuou no campo do Novo Hamburgo. Os donos da casa trocavam passes e buscavam o espaço para o arremate. Aos 11, Diego Souza tocou para Rodrigues, que passou por Nícolas, mas Marcão tirou em cima da linha. Jean Pyerre comandava as ações. O meia se movimentava e procurava os companheiros. Aos 26, acabou premiado. Ao receber de Ferreira, arriscou. A bola desviou e encobriu Nícolas. O Grêmio não diminuiu com a vantagem e logo ampliou. Seis minutos depois, Jean Pyerre deu lindo passe a Diego Souza, que driblou o goleiro do Novo Hamburgo e fez o segundo. Dois minutos depois, o Tricolor só não fez o terceiro porque o chute de Matheus Henrique explodiu no travessão. E, aos 36, Diego Souza quase marcou de falta, mas a bola saiu.

2º tempo

O Novo Hamburgo voltou do intervalo disposto a diminuir o resultado. Em cinco minutos, produziu mais que toda a etapa inicial. Logo aos dois, Hélio Paraíba perdeu um gol embaixo da trave, ao chutar por cima após cruzamento rasteiro de Rennan. No lance seguinte, a defesa do Grêmio errou, entregou para o centroavante, que arriscou, mas Brenno brilhou. O goleiro tricolor voltou a fazer boa defesa em chute de Claudinho, aos cinco. Cinco minutos depois, Bertotto arriscou de longe para mais uma intervenção de Brenno. O primeiro avanço gremista só ocorreu aos 11. Ferreira acionou Cortez, que cruzou rasteiro. Nícolas se atirou para cortar de tapa. O lance empolgou o Tricolor, que só não ampliou com Ferreira aos 14 por defesa do goleiro do Anilado. O Grêmio seguiu em cima. Vanderson roubou a bola, fez fila, invadiu a área e sofreu pênalti, convertido por Diego Souza. O Tricolor queria mais. Alisson, aos 31, cobrou falta no travessão. O Novo Hamburgo até descontou. Aos 32, Kayron completou escanteio e diminuiu para os visitantes. O gol, no entanto, não deu forças ao Anilado tentar mudar o resultado. Final: Grêmio 3 x 1 Novo Hamburgo.

>>>PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP. 


  • por
  • Jornal Regional
  • FONTE
  • GE/RS



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

banner responsivo
banner responsivo

SIGA-NOS