Itália registra segunda morte causada pelo novo coronavírus

22/02/2020 - 12h45

A Itália registrou neste sábado (22) a segunda morte causada pelo Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

De acordo com a agência italiana de notícias Ansa, uma mulher de 75 anos residente na região da Lombardia foi a vítima. Ela foi hospitalizada em Codogno, no norte do país, e o teste do coronavírus foi realizado após a morte.

Na sexta-feira (21), o país havia registrado a morte de um paciente de 78 anos, em Pádua, também na região norte do país. Com o caso deste sábado, já são três mortes causadas pelo Covid-19 na Europa.

Ainda neste sábado, chegou a Roma o avião das Forças Aéreas que trouxe 19 italianos que estavam a bordo do cruzeiro Diamond Princess, em quarentena. O grupo foi encaminhado para uma unidade do exército, onde completarão o período de isolamento.

São 31 casos confirmados no país. Dos infectados até o momento, 26 estão na Lombardia e dois em Veneto, ambas regiões do norte da Itália. Além disso, há três pessoas internadas em um hospital de Roma, já diagnosticadas com a doença que é originária da cidade de Wuhan, na China.

Ruas vazias

Segundo a EFE, a região norte da Itália amanheceu neste com ruas vazias, atividades comerciais suspensas e tendo todos os órgãos públicos que abrem aos sábados fechados. Nesta área localizada a cerca de 60 km a sudeste de Milão, mais de 50.000 pessoas foram colocadas em semiconfinamento.

Os contágios secundários levaram as autoridades locais nas cidades da Lombardia e Veneto a ordenar o fechamento de escolas, empresas e restaurantes e a cancelar eventos esportivos e missas. O prefeito de Milão, a capital comercial da Itália, fechou escritórios públicos.

Centenas de pessoas que entraram em contato com as pessoas com a doença confirmada estavam isoladas enquanto aguardavam os resultados dos testes. Em algumas localidades do país já faltam máscaras de proteção.

Mortes e casos pelo mundo

De acordo com o mais recente balanço da OMS, a epidemia na China já deixou mais de 76,3 mil pessoas infectadas e causou mais de 2,3 mil mortes. No mundo, já são 11 mortes e 1,2 mil casos confirmados em 29 países.

>>>Clique e receba notícias do JRTV Jornal Regional diariamente em seu WhatsApp.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

Website Security Test