MEC cria programa para incentivar ensino técnico

09/10/2019 - 10h36

O Ministério da Educação (MEC) lançou nesta terça-feira, dia 8, um programa federal para estimular o ensino técnico, o Novos Caminhos. A proposta é atender 3,4 milhões de pessoas até 2023, entre elas os estudantes que fazem o ensino médio e os jovens e adultos que não trabalham e não têm formação.

Em meio à crise econômica e aos cortes no orçamento que atingem o ensino superior, a proposta do governo é formar profissionais que atendam à demanda de postos de trabalho que exigem menor qualificação.

O programa também pretende capacitar e incrementar o treinamento de 40 mil professores com educação técnica, tanto presencial quanto a distância, e regularizar 11 mil diplomas de quem se formou até 2016, de acordo com o MEC.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou que pretende quebrar preconceitos. Já o secretário de Educação Profissional e Tecnológica, Ariosto Antunes Culau, reafirmou a necessidade de atender o mercado de trabalho. Disse ainda que a educação tem que estar voltada para o mercado de trabalho, não pode dar as costas e ignorar as demandas do setor produtivo.

Confira abaixo os objetivos do programa Novos Caminhos:

▪ Alinhar a oferta de cursos às demandas do setor produtivo;

▪ Apoiar a implementação do itinerário da Formação Técnica e Profissional no Ensino Médio;

▪ Alavancar o reconhecimento social e econômico da formação técnica e profissional;

▪ Integrar dados e estatísticas para subsidiar planejamento e gestão da Educação Profissional e Tecnológica.

>>>Clique e receba notícias do JRTV Jornal Regional diariamente em seu WhatsApp.


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

Website Security Test