Mais um macaco é encontrado morto no interior de São João do Oeste

Foto: Ascom / São João do Oeste

Foto: Ascom / São João do Oeste

21/09/2021 - 13h03

Mais um macaco prego foi encontrado sem vida no interior do município de São João do Oeste na última sexta-feira (17).

O macaco foi localizado por um morador da comunidade da Linha Jaboticaba, que avisou a sua agente comunitária de saúde.

Novamente o Setor de Zoonoses e epidemiologia do Estado se deslocou até a comunidade e fez a recolha do animal no sábado (18) pela manhã.

Segundo a enfermeira responsável pela epidemiologia de São João do Oeste, Morgana Brum Grade, foi realizada a conferência das cadernetas de vacinação de 25 moradores que residem em um raio de 300 metros do local em que o macaco foi localizado, e todos estão com a vacina contra a febre amarela em dia.

Morgana destaca mais uma vez que macacos mortos são possíveis sinais de alerta para a circulação do vírus da febre amarela.

Ela ressalta que o macaco não é o transmissor da doença ao ser humano, sendo que, o real transmissor são os mosquitos, porém os macacos são os primeiros a apresentarem sintomas ou morrerem.

Novamente será realizado o procedimento padrão regido por protocolos e o material será analisado no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), de Florianópolis.

Ao encontrar um macaco morto a pessoa não deve tocar no animal e avisar imediatamente o setor de saúde do município.

O primeiro macaco encontrado morto nesse ano em São João do Oeste foi no dia 11 de setembro, na comunidade de Cristo Rei.

>>>PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP.  


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

banner responsivo
banner responsivo

SIGA-NOS