No Brasil, 50,35% da população está imunizada contra a Covid-19
A marca faz jus a mais de 107 milhões de brasileiros que tomaram as duas doses, ou doses únicas, dos imunizantes contra a Covid-19.

Foto: Cristiano Andujar/PMF/Divulgação

Foto: Cristiano Andujar/PMF/Divulgação

21/10/2021 - 05h46

O Brasil, nesta quarta-feira (20), completou o esquema vacinal de 50,35% da população do país contra a Covid-19. A marca chega nove meses após o início das imunizações em todos os Estados brasileiros. As informações foram coletadas pelas secretarias estaduais de saúde.

De acordo com os dados, até o momento, 107.407.959 brasileiros tomaram a segunda dose ou a dose única das vacinas que protegem a população do coronavírus. Desse total, 1.225.129 brasileiros foram vacinados somente nas últimas 24 horas no país.

Contando com a aplicação das 418.094 primeiras doses, e das 368.774 doses de reforço no período, o Brasil aplicou 2.011.997 das vacinas em um só dia na população. Enquanto isso, o correspondente populacional que tomou apenas a primeira dose do imunizante é de 152.450.710 até o momento, o que corresponde a 71,47% da população nacional.

Vacinação contra a Covid-19 em Santa Catarina

Em Santa Catarina, 5.322.538 pessoas já receberam a primeira dose, ou dose única, dos imunizantes contra a Covid-19. O dado, divulgado no Vacinômetro, corresponde a 73,39% da população.

Enquanto isso,3.506.328 catarinenses tomaram a segunda dose das vacinas e completaram os seus esquemas vacinais. Esse número diz respeito a 48,35% da população do Estado.

De acordo com os dados, 106,93% dos grupos prioritários de Santa Catarina já receberam a primeira dose das vacinas, enquanto 89,39% da população completou o esquema vacinal.

Já em relação às doses de reforço, foram aplicadas pouco mais de 153.990 doses em idosos com 60 anos ou mais, imunossuprimidos e trabalhadores da saúde, segundo informações do governo do Estado.

Até o momento, foram aplicadas 8.831.279 de doses no Estado. Foi estimado que toda a população catarinense, que é de pouco mais de 7,2 milhões, seja vacinada até o final do mês de janeiro de 2022.

População catarinense não retorna para a segunda dose

Conforme levantamento realizado pela DIVE (Diretoria de Vigilância Epidemiológica), 423.965 pessoas que tomaram a primeira dose não retornaram, no tempo adequado, para tomar a segunda dose em Santa Catarina, até esta terça-feira (19).

Do total de catarinenses que não retornaram, são 171.098 são pessoas vacinadas com a AstraZeneca, 137.263 pessoas com a Coronavac, e 115.604 pessoas com a Pfizer. Os dados são do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde.

“O atraso em receber a segunda dose é bastante preocupante, pois quem não retorna no tempo adequado não está protegido de forma adequada contra a Covid-19″, disse o superintendente de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário.

Ele continuou ressaltando que “com o esquema completo é possível estimular o sistema imunológico a produzir um número maior de anticorpos. As pessoas que atrasam a segunda dose correm o risco de, uma vez infectadas, apresentar um quadro grave de coronavírus”.

“Elas também contribuem para a disseminação de variantes de preocupação, além de prejudicar a imunidade coletiva provocada pela vacinação, protegendo aqueles que ainda não puderam se vacinar, como as crianças”, finalizou o superintendente.

>>>PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP.  


  • por
  • Jornal Regional



DEIXE UM COMENTÁRIO

Facebook

banner responsivo
banner responsivo

SIGA-NOS